Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

RECONQUISTANDO O LUGAR PERDIDO


04/11/2005
  Apesar da crise ter desabado em 2004, sobre o meio jornal com uma queda de 8,4% na venda dos diários, segundo o IVC - Instituto de Verificação de Circulação e do decréscimo de 9,5% nos investimentos publicitários de acordo com ABA -
Associação Brasileira de Anunciantes as coisas começam a melhorar. A circulação cresceu 0,8% em 2004, segundo a ANJ - Associação Nacional de Jornais e o investimento publicitário atingiu os R$2,3bilhões ficando com 17,7% do bolo. Um passo bastante significativo para um meio que estava condenado.
  Dados da Associação Mundial de Jornais trazem que há, aproximadamente, 6.580 jornais diários, aumento de 2% em relação a 2004 e que no Brasil, segundo a ANJ, há 3.004 diários. Ainda com a ANJ, a tiragem diária dos jornais está em
torno de 6,5milhões o que mostra um crescimento de 62,5% em relação ao início dos anos 90 que tinha uma tiragem de 4milhões de exemplares. O que ajudou a contribuir também foi o aumento dos números de títulos, saindo de 1mil para
3mil, apesar do aumento a quantidade de leitores caiu em 8,5%. Contudo, no quesito leitura estamos muito atrás, por exemplo na Noruega há 655 leitores por mil habitantes enquanto que por aqui, há 55 leitores por mil habitantes. Um agravante nosso é que a grande maioria dos nossos jornais não possue auditoria de circulação.
  Os fatores da melhoria apontados por especialistas devem-se à melhora da economia e o retorno das agências, devido ao seu menor custo de veiculação, formatos especiais, segmentação, melhor aferição dos resultados, entre outros.