Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

NEW RADIO


04/11/2005
  Rádio FM com som de CD e captando a BBC de Londres e o velho AM com som de FM não é mais sonho. Desde que foi implantado no Brasil, há 83 anos atrás, o veículo pouco mudou em termos de tecnologia; mas eis que dias melhores virão. O Sistema Globo de Rádio, a Rádio Eldorado de São Paulo, a Rádio Bandeirantes e a RBS de Porto Alegre são as pioneiras na inauguração da rádio digital no Brasil.
  Contando com 3,6mil emissoras espalhadas por todo o país e uma cobertura de 96% da população brasileira, mas com apenas 4,3% do bolo publicitário, a inovação trará mais qualidade para o meio e irá salvá-lo da extinção segundo José Pizani, Presidente da ABERT - Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão que estima que o meio alcance 12% do bolo publicitário.
  Estima-se ainda que 6 milhões de rádio serão trocados para adequar-se à nova tecnologia que permite ainda transmissão de pequenas mensagens de texto sobre o clima, mercado financeiro, trânsito e algumas imagens. Contudo o preço ainda
será alto, calcula-se que um receptor importado custa cerca de R$ 2,5 mil, e que a nacionalização traga este valor para cerca de R$ 600,0 nos próximos 3 anos.
  Para as emissoras, o investimento na tecnologia é de cerca de US$120 mil e como o padrão definido é o americano IBOC - In Band on Channel, resta às emissoras negociar parcerias para o barateamento do receptor.