Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

GASTRONOMIA EM ALTA, MÍDIA TAMBÉM


Edicão: 130 - 19/09/2014

Comer faz parte da vida, e não apenas do ponto de vista nutricional. Não comemos apenas para matar a fome, mas também para nos alimentar de convívio social. O mundo da alimentação é também um mundo de imagens. Não há dúvidas de que imagens de grande apelo de pratos apetitosos são capazes de despertar o mais calmo dos paladares.

Temos assistido a uma explosão midiática da comida, por exemplo, a grade de culinária na TV aumentou 38% nos últimos 12 meses. O número de programas aumenta porque a audiência cresce. Hoje há 67 programas de culinária veiculados na televisão brasileira.

Comer virou moda, tema que desperta paixões e leva pessoas a formar filas para conhecer, por exemplo, Buddy Valastro, astro do “Cake Boss”, que em julho esteve pela 1ª vez aqui no Brasil.

A culinária é um tema afetivo, capaz de reunir a família inteira ao redor da mesa ou em frente a TV. Além disso, o tema gastronomia é bem elástico e abriga vários tipos de público.

A agência Talent é uma das agências que está recomendando aos clientes anunciar em programas de culinária. Enquanto o varejo cortou a verba em 5% em 2013, o setor de alimentos aumentou a sua em 28% em relação a 2012. Para os estudiosos do assunto, a gastronomia se operacionaliza como mídia no mundo contemporâneo.

Nesse tempo ludicizado, ver imagens apetitosas de comida nos leva a uma diversão hedonista que parece banal, mas não é ...