Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

EM ALTA


25/03/2008

    As empresas brasileiras vão investir R$ 46,2 bilhões em TI no ano de 2008, cerca de 11,8% a mais que no ano anterior. A maior fatia dos investimentos - R$ 19,7 bilhões, o que representa 42% - deve ficar para o setor de serviços, que crescerá 11,7%. O motivo, segundo Daniel Domeneghetti, sócio fundados da E-Consulting Corp., empresa do Grupo ECC, seria porque os investimentos em outros setores já foram realizados entre 2003 e 2007. Resta, então, às corporações implementarem projetos e soluções adquiridas e se prepararem para novas tendências em estruturas e modelos de gestão e operação de TI, tais como: SOA, virtualização, convergência e mobilidade. Se compararmos com a América Latina, que em 2007 investiu U$ 45, 7 bilhões e espera crescer 10,2%, o Brasil representa praticamente 51% sobre toda a região.

    Outros setores de TI também receberão atenção. Em software, os investimentos crescerão 10,1%, recebendo algo em torno de R$ 8,9 bilhões, que corresponde a 19,2% do total. Já em hardware, o crescimento será de 13,1%, alcançando R$ 17,6 bilhões. Em 2007, pela primeira vez, a venda de PCs superou a de TVs.