Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

E-CONOMIA PÚBLICA


19/04/2004

E-CONOMIA PÚBLICA


O que era ficção virou realidade, o tão aclamado e-business chegou ao governo, é o e-gov que permite a compra de produtos, licitações, pagamento de impostos, entre outros, sem o tradicional "jeitinho".
Para se ter idéia, em 2003, São Paulo economizou R$ 682 milhões com o e-gov. Agora, o governo paulista faz suas compras na BEC - Bolsa Eletrônica de Compras, ali ele avisa do que precisa e as empresas se digladiam para ofertar o melhor preço ou condição.  Mas não são apenas compras, impostos também. Antes o custo por transação para pagamento do IPVA era de R$21 (processamento, pessoal, cobrança etc), este valor caiu para R$0,66, uma economia de R$ 442 milhões.
Em 2003, 97% das declarações do imposto de renda foram virtuais, enquanto que na Espanha este índice é de 12%. Nos Estados Unidos as declarações virtuais devem chegar a 80%, apenas em 2007.