Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

BRIGA DE GIGANTES


08/11/2011

O reinado do Facebook nas redes sociais pode ser ameaçado com a chegada do Google+. A nova rede conquistou 25 milhões de usuários desde seu lançamento, em junho, e pode atrapalhar os planos de Marck Zuckerberg, executivo-chefe do Facebook, de abrir capital no próximo ano. Sergio Monsalve, investidor de mídia social, acredita no sucesso do Google. "Seus elementos de conteúdo são muito mais ricos e interessantes", explica. Apesar do sucesso inicial, alguns dizem que o Google já deu passos errados, como a proibição de apelidos e pseudônimos na rede social.

As apostas são altas. O Facebook deve registrar US$ 4,05 bilhões em receita publicitária esse ano, segundo a eMarketer, e tem usuários fiéis, que passam 434 minutos por mês, cada um, no site. Como a rede tem 750 milhões de usuários, cada minuto gasto no site vale cerca de 10 centavos de dólar. A questão é: em que medida, o Google+ conseguirá abocanhar o tempo despedido no Facebook? Porém, ainda é difícil de avaliar o impacto da nova rede. O grande número de usuários não assegura o sucesso do Facebook. Em 2006, o MySpace tinha três vezes mais usuários e hoje ficou para trás.