Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

A GALINHA DOS OVOS DE OURO


19/05/2014

A Copa é a única dos 30 campeonatos da Fifa que dá lucro à federação. Por conta disso, a entidade luta contra campanhas de marketing de empresas não patrocinadoras oficiais com referências ao mundial. O esforço de preservação de interesses comerciais envolve desde a promulgação da Lei Geral da Copa - que torna o marketing de emboscada crime entre junho de 2012 e dezembro de 2014 - ao furo na fila de registro de marcas do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), à fiscalização por parte das forças policiais e, em última instância, a Justiça. Antes da Copa das Confederações, a Fifa já havia divulgado notificações a mais de 100 empresas, apenas em 2013, por referências irregulares a seus campeonatos.

Pagando milhões em contratos de exclusividade, os patrocinadores - cerca de 20 companhias que representam US$ 1,4 bilhão de arrecadação para a Fifa- deixam a fiscalização por conta da entidade. A proteção das marcas é parte dos compromissos assumidos pelas cidades-sede, afirma o delegado da Polícia Federal André Rodrigues. Por isso, na Secretária de Segurança do Rio de Janeiro a atenção com a preservação das marcas da Fifa é tamanha que merece reuniões periódicas com membros da federação e dos patrocinadores. No perímetro de dois quilômetros dos estádios apenas produtos dos patrocinadores do torneio poderão ser vendidos.


Fonte: Fonte: Folha de SP, Valor Economico, Management, Exame