Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

A FASCINANTE MUDANÇA NO FACEBOOK


Edicão: 131 - 28/01/2015

Em um mundo no qual o tempo todo brotam startups inovadoras, o Facebook realmente pode parecer o jornal do dia anterior. Mas quantas empresas estão vendo sua receita e sua adesão crescerem tanto?

Em dezembro de 2011 a receita com publicidade do gigante era 100% desktop e 0% em mobile, em setembro de 2014, desktop passou 34% e mobile 66%; Os usuários ativos (celular) saiu de 432 milhões (Dez/2011) para 1,12 bilhão (set/2014).

Zuck mira na economia dos apps para os próximos 5 anos. E segundo os especialistas Austin Carr e Mark Wilson da Fast Company, 6 lições foram aprendidas e norteiam o novo caminho do Facebook:

  • Lição 1- A cultura da empresa baseava-se no lema hacker “Mova-se rápido e quebre coisas”. Isto significava “o código vence o argumento”. Zuckerberg trocou a inovação hacker pela estruturação de uma divisão chamada Creative Labs.
  • Lição 2 – Uma forma de enxergar o Facebook é como “a Coca-Cola das mídias sociais”. Zuckerberg aprendeu que é melhor ser como a Coca-Cola. Em vez de depender de uma única rede social, ele quer atender todos os gostos existentes.
  • Lição 3 – É melhor catalisar todos os colaboradores rumo a um objetivo comum.
  • Lição 4 – Para ser um vencedor no futuro, é preciso ter a coragem de um Google.
  • Lição 5- Zuckerberg, adquiriu recentemente a Parse, uma respeitável startup de infraestrutura de comunicação móvel. Este movimento parece revelar uma estratégia-chave: explorar o filão dos empreendedores de aplicativos móveis.
  • Lição 6- Há um enorme valor nas miudezas do segmento “social-móvel”.