Informativo eletrônico que amplia a compreensão do nosso principal foco: as pessoas, seus comportamentos e como elas evoluem.

ALÔ RECICLADO


18/08/2004
    Peça indispensável do vestuário das pessoas, o celular é um conforto, mas está se transformando numa grande dor de cabeça para a sociedade em geral, pois com o avanço da tecnologia ele se transformou num produto facilmente descartável e como os preços despencam, as pessoas trocam de celular como "trocam de roupa".
    O problema é que o celular que é trocado, não pode simplesmente ir para o lixo devido à grande quantidade de produtos tóxicos dentro das baterias como o chumbo, o cádmio, o mercúrio, o cobre e o níquel que contaminam os mananciais de água.
    Nos EUA, cerca de 150 milhões de pessoas trocam de  celular a cada 18meses, a estimativa é de 130 milhões de aparelhos por ano ou uma pilha com 65 mil toneladas no lixo, o índice de reciclagem é baixo, apenas 2,3%. No Canadá, a estimativa é que em 2005, haja 740 mil aparelhos no lixo. Enquanto isso na Europa, devido às rígidas leis, o índice de celulares reciclados cresce, são cerca de 1,7 milhão por ano.
    Além de vender, as empresas terão que fazer a logística reversa, ou seja, recolher os aparelhos antigos e dar um fim responsável para eles.